Simulador de Juros Abusivos

Como Calcular Juros Abusivos e se Livrar das Dívidas?

Infelizmente, os juros abusivos estão presentes em uma série de modalidades de crédito, como financiamento de veículos e imóveis, empréstimos e cartões de crédito. Por isso, o número de pessoas interessadas em saber como calcular juros abusivos é maior a cada dia que passa.

Ao tratar sobre esse assunto, pode parecer que calcular juros abusivos é uma tarefa fácil, que pode ser feita por qualquer um, mas não é assim que funciona. Não à toa, apenas profissionais experientes e especializados sabem como calcular juros abusivos com eficiência e precisão.

Aprenda como o cálculo de juros abusivos é bem mais complexo do que pode parecer, quais são os riscos corridos ao tentar solucionar essa situação sozinho e qual é a melhor solução para se livrar dos juros abusivos de uma vez por todas.

Como Calcular Juros Abusivos? É Simples?

Se você sabe o que é considerado juros abusivos, então entende que eles são muito prejudiciais, já que fazem com que você tenha que pagar um valor maior do que aquele que realmente é devido.

Então, ao se deparar com essa situação ou com a possibilidade dela existir, o interesse em calcular juros abusivos aparece imediatamente. Porém, esse não é um cálculo tão simples como parece. Algumas das dificuldades encontradas no processo são as seguintes:

Linguagem dos Contratos

Primeiramente, para conseguir fazer o cálculo de juros abusivos, é necessário analisar o contrato, entender o que ele quer dizer e retirar as informações necessárias (valor total da dívida, valor das parcelas, quantidade de parcelas, entre outras), o que não é fácil.

A linguagem que é utilizada em contratos é bem técnica e complexa e, por isso, a maioria das pessoas não consegue entender tudo o que ele quer dizer. Pode até ser que elas tenham uma ideia, mas uma única cláusula já pode fazer toda a diferença.

Dados Para Comparação

Além de pegar as informações necessárias no contrato, depois elas devem ser comparadas com aquilo que a lei determina como legal, ou seja, que não são juros abusivos. Porém, como fazer essa comparação?

Para isso, é preciso se atentar à data de contrato e comparar com a taxa média de juros que foi publicada pelo Banco Central do Brasil e é aplicável àquele tipo de produto ou serviço. Logo, é necessário fazer uma pesquisa bem extensa.

Além disso, não existe apenas um valor para comparação: cada forma de crédito apresenta diferentes juros, e os bancos apresentam diferentes taxas entre seus produtos. Por isso, o processo tem uma série de etapas, e cada uma delas apresenta uma complicação diferente.

Próximos Passos

Ainda que a pessoa interessada, mesmo sem conhecer todas as técnicas e minúcias de como calcular juros abusivos, tenha finalizado o cálculo, o que fazer depois? O que deve ser feito para que seus direitos deixem de ser violados?

O correto é ingressar com uma ação revisional depois, que, caso aceita, fará com que o banco ou agente financeiro desconte o valor que foi pago a mais das próximas parcelas ou, se for o caso, restitua o valor para o consumidor.

Porém, estar à frente de uma ação judicial é bastante complexo, ainda mais para uma pessoa que não atue diretamente no ramo jurídico. Neste caso, as chances de que o processo seja bem sucedido são praticamente nulas.

Como Proceder Com o Cálculo de Juros Abusivos?

Com todas essas informações, fica bem mais evidente que calcular juros abusivos realmente não é uma tarefa fácil. São várias as etapas do processo como um todo, ainda mais do que foi exposto anteriormente, já que cada caso apresenta as suas peculiaridades.

Por isso, a forma de como fazer o cálculo de juros abusivos é bastante complexa, e não consiste apenas em uma regra de três ou em um cálculo básico. Além da necessidade de ter conhecimentos matemáticos avançados, os conhecimentos jurídicos são imprescindíveis.

Depois de todas essas observações, se alguma vez passar pela sua mente se é confiável calcular juros abusivos sozinho, você já saberá que a resposta é não e que, caso seja feita a tentativa, a precisão e assertividade dos dados estará seriamente comprometida.

Portanto, agora você deve estar se perguntando: "como saber se estou pagando juros abusivos?". A resposta para essa pergunta é simples: basta encontrar uma empresa especializada na revisão de juros absusivos!

A Novo Ideal Consultoria é a solução para os seus problemas. Nós contamos com uma equipe constituída apenas por profissionais que realmente entendem do negócio e atuam com excelência no que tange aos juros abusivos.

Por isso, se você não é um profissional da área e não sabe como calcular juros abusivos, não tente fazer isso sozinho: nós podemos te ajudar! Acesse a nossa página de simulador de juros abusivos e consiga se livrar desse problema definitivamente.

Como Podemos
te Ajudar?

DEPOIMENTOS

OU

ESTAMOS AGUARDANDO VOCÊ PARA CONVERSAR

CONTATO

ENVIE SEUS DADOS E RETORNAREMOS PARA VOCÊ!

Simulação Gratuita